quarta-feira, 30 de outubro de 2013

Valor

Onde brilha minha aurora
Ali renascem sonhos diariamente
Saudosa na vida em movimento
Me respiro!

Sou eu sem disfarces
Objeto contrário da ingrata busca
Entregue à solidão fluída, farta de luzes e cores
No peito esperanças, amigo, amores

Viver sem ter graça
Lambuzar-se da beleza da vida
Apaziguar a dor
Doando-se na vida e no amor