terça-feira, 11 de maio de 2010

Persona grata


Uma menina um dia me apresentou o mundo, e em minha passiva infância tudo que ela fazia ou me mandava fazer era regra, ela cortava meus cabelos, me comprava roupinhas bem singelas, me vestia de bailarina, era uma jovem médica que também cuidava da minha saúde, me deu amor, proteção,liberdade e uma família espetacular, me deu as melhores escolas, uma viagem à Disney nos meus 15 anos, criou minhas melhores referências musicais.Um exemplo de mulher, mãe, amiga, irmã.Sinônimo de honestidade, garra, inocência, alegria, com ela aprendi o fantástico aprendizado dos filmes.Amiga confidente, compreensiva, soube entender minhas diferenças na fase mais confusa da minha vida, agradeço tanto a Deus por ser fruto de uma árvore tão valiosa, por tudo que vivi e continuo a viver, pelas minhas relações que continuam a progredir de uma maneira tão saudável e harmoniosa.Ò Deus se existe a perfeição ela é o que posso chamar de minha vida, e nenhum bem material seria suficiente pra expressar tamanho Amor, desse que sinto por essa criatura tão ímpar e maravilhosa que tenho orgulho de chamar de Mãe. Esse sentimento tão enorme que mora dentro de mim e que me faz ser-te tão eternamente grata pelo que és na minha vida, e pelo que sou graças ao teu jeito certo e tão verdadeiro de amar.Obrigada por existir e por me fazer existir na tua vida.Te amo infinitamente!

Feliz aniversário!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

toda ouvidos