quarta-feira, 24 de março de 2010

Inocência interrompida


Menina mocinha e meiga
Filha carinhosa e companheira
Irmã responsável e observadora
Criança cheia de vida
Vida breve e reveladora
Missão cumprida na vida levada
Retrato da brutalidade humana
Retrato do limite de um sentimento
aparentemente banal
Ciúme absurdo levado
às últimas consequências
Comoção nacional e dor
de uma jovem mãe desconsolada
que encontra no amor à filha
as forças pra continuar.

(escrito em 11/05/2008)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

toda ouvidos