segunda-feira, 22 de fevereiro de 2010

don't look


No olhar que me procura
Já não sou mais eu
Me sinto desnuda, desprotegida
Acariciada,
Meu olhar já não diz nada
Não quer dizer
Só quer apreciar,sentir
Meus poros me retribuem a sensação
Do que meus olhos vêem
Me jogo no vão,
me sinto em meio à água
Nadando em direção oposta
Já não sei a direção
do olhar que me atrai,
nem quero saber.
Viver é mais urgente,
que tentar entender.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

toda ouvidos