domingo, 6 de dezembro de 2009

Outras pérolas

Porque o ódio não me pertence, eu não odeio
Crivo-me de ternura
Evoco meu destino
Sagradas catedrais, protejam-me

Doce ainda é o meu coração ajoelhado
Doce ainda é a minha alma golpeada

A juventude se despede e outras pérolas aproximam-se
Sábias.Com esmero

Metade flor.Metade espelho.

(Marize Castro)

Um comentário:

  1. metade flor, metade espelho.
    metade amor, metade desespero.

    ResponderExcluir

toda ouvidos