segunda-feira, 2 de novembro de 2009

Fragilidade


Era um detalhe em meio à cena,
pondo-se á frente a desconcertar,
percebendo-se o todo mal se podia notá-la,
mas ela estava sempre por ali
á espreita dos desconcertos humanos,
era um defeito inocente e ás vezes se fazia presente
para lembrar-nos da nossa condição de seres humanos
entregues vez por outra a ela,
nossa simples e insignificante,
fragilidade.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

toda ouvidos