quinta-feira, 15 de outubro de 2009

Regeneração


Acordou sentindo-se vazia, como se todos os sentidos que vinha criando nos últimos tempos tivessem voado no vento, sentiu por um instante que nada fazia sentido e aquela velha saudade veio apertar-lhe o peito como a lembrar-lhe da ausência que estava adormecida.Sentiu-se triste e olhou algumas fotos, sentiu tão longe o passado e um nó a apertar-lhe a garganta arrancou de seus olhos lágrimas de dor.Ouvira falar que as lágrimas ás vezes se faziam necessárias e aceitou-as como uma valiosa etapa do seu crescimento.Entendia que a dor ás vezes vinha como forma de avisá-la da efemeridade da alegria.Depois das lágrimas sentiu-se forte como uma raiz adentrando em solos férteis.

Na ilustração quadro "A virgem" pintado pelo austríaco Gustav Klimt em 1913 e que tem como tema Eros e o Ciclo da vida.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

toda ouvidos