domingo, 20 de setembro de 2009

Desperta dor


Quão misteriosos os telefonemas ás 3 e pouco da manhã

Menos danosos eles são se dados por corajosos

Se dados por covardes deixam a eterna interrogação

Deixando no ar a possibilidade do engano

Ou do ato impulsionado por algum sentimento inexplicável

A mim só interropem o sono e dão margem à minha fértil e fantasiosa imaginação

Uma dessas ligações há pouco mais de um ano atrás

Despertou em mim uma perturbação inexplicável e sem sentido

Mas o que dá sentido às coisas

São estas sensações que nos invadem e que não sabemos de onde vem

Tendo plena consciência de sua causa.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

toda ouvidos