terça-feira, 18 de agosto de 2009

Como arranjar alguém


Faz um pouco mais de um ano que ando desfrutando da condição de ser solteira, e sempre que encontro alguém que não vejo há tempos tente adivinhar a pergunta chave:

- E aí ta namorando?

- Não –

Respondo sem jeito não pela condição de estar solteira mas por ter que explicar o porque disso, como assim, será que alguém é solteiro porque quer e existe uma explicação pra isso? Eu não sei o que faz as pessoas acreditarem que estar solteiro é ruim, eu acho quase o contrário, confesso que sinto até uma certa resistência a me envolver em relacionamentos, não só pelo fato de já ter sofrido imensas decepções com pessoas que não valiam a pena, mas porque me sinto bem comigo mesma, aprendi a lidar bem com minha liberdade e quer saber não a troco pela primeira pessoa que aparecer e mostrar que está afim. Com o tempo vai-se ficando chata, acaba-se escolhendo demais, demais nada, escolho o que está à minha altura quando tenho plena consciência do meu valor, sou solteira sim, pelas mais diversas razões e tenho aprendido muito durante esse tempo a respeito de mim e das pessoas, conheço pessoas dos mais variados estados civis, já vi casais se fazerem e desfazerem, já sofri com começo, meio e fim de relacionamento, já meti os pés pelas mãos quando estava cega de paixão e depois me arrependi amargamente, já fui passada pra trás por pessoas que eu nunca imaginava que pudessem me fazer algum mal, e perdoei essas pessoas, já andei por aí ficando com um e outro sem nunca me sentir preenchida,hoje piso em ovos, dou um passo pra frente e dois pra trás sim, confesso até que ás vezes perco oportunidades por querer calcular demais meus passos, mas vivo em paz comigo e com meu coração e acredito que o que é pra ser, acaba sendo, acredito sim no momento certo, no lugar certo e na pessoa certa, não existe um modelo mas que chegue ao menos perto do que desejo e mereço, acredito que o amor da minha vida pode ser alguém com quem já cruzei incontáveis vezes ou alguém que eu ainda vá conhecer amanhã, eu tenho a vida toda para esperar e enquanto isso cuido de mim. Não vou dizer que ás vezes o frio de dormir sozinha não me entristece, e que não sinto falta de uma companhia, mas acredito na mágica da vida e na energia positiva que flui quando se está bem consigo e com os outros, o importante é estar atenta aos sinais.

Um comentário:

  1. Adorei!!

    Melhor que o troca-troca sem sentido. Inclusive vou fundar o Movimento do Não Fico... oxi, a galera só quer saber disso!!

    Não gosto!!

    ResponderExcluir

toda ouvidos